Oferta por tempo limitado!
Inscrição para o processo seletivo - Pós-graduação - Educação Social escutas, palavras, cuidados para mobilizações pessoais e comunitárias- caminhos do IBEAC

Inscrição para o processo seletivo - Pós-graduação - Educação Social escutas, palavras, cuidados para mobilizações pessoais e comunitárias- caminhos do IBEAC

Pós-graduações
  • Início das vendas 20/05/2024

6x R$ 9,43

R$ 50,00 à vista

Comprar agora
Adicionar cupom de desconto?

Sobre o Curso

Pós-graduação online com imersões presenciais

Bel Santos Mayer - IBEAC 


Ponto de Partida da pós

O ponto de partida se dá nas rotas construídas pelas idas e vi(n)das entre a Casa-IBEAC e a A Casa Tombada para ouvir, contar e criar histórias de palavras que (trans)formam territórios. Palavras poéticas e políticas, que de forma oral ou escrita atravessam, modificam e mobilizam corpos, paisagens, imagens e imaginários. Em Parelheiros, periferia rural de São Paulo, uma biblioteca criada pelo IBEAC e um grupo de adolescentes. Virou um centro de irradiação de mudanças, dando origem a cinco núcleos de atuação: Acesso à literatura para conhecimento, autoconhecimento e transformação; Cuidados com excelência da primeira infância desde a barriga e direitos da mulher; Comunicação como direito humano e educomunicação; Incentivo e apoio ao empreendedorismo social com propósito e dignidade; Direito ao autocuidado e cuidado para o impacto global. A partilha dos conceitos e das ações desenvolvidas nesses núcleos e a missão do IBEAC de fortalecimento de uma cidadania participativa, criativa e solidária serão o mote para que os/as/es participantes pensem formas concretas de transformar os seus territórios (corpo, casa, comunidade, cidade, país, mundo) em territórios leitores do mundo e de palavras.


A História dessa pós

A pós-graduação “Educação social – caminhos do IBEAC nasceu do desejo de compartilhar o que o IBEAC" tem realizado: a história do IBEAC e sua atuação no processo de democratização do país; a decisão de atuar em um único território periférico e rural da cidade de São Paulo (Parelheiros); a promoção do acesso à literatura como autoconhecimento, conhecimento e transformação social; as práticas de cuidados com a primeira infância construído com mães mobilizadoras; a criação de agência de comunicação como um direito, envolvendo os interagentes dos vários projetos; a contribuição ao desenvolvimento do  empreendedorismo social com propósito nas áreas de turismo e alimentação; e as práticas de autocuidado com mães, crianças e educadores/as para o impacto local e global. A Casa Tombada e IBEAC decidem se juntar e transformar essas tecnologias sociais e a produção literária e acadêmica sobre elas em um curso de pós-graduação que  potencializa mobilizações pessoais e coletivas de interessados/as em vencer o acesso desigual à cultura. Pelo compartilhamento de suas tecnologias sociais, o IBEAC propõe a reflexão e construção de outros jeitos de transformar realidades, fazendo um convite aos/às alunos/as, para que articulem seus saberes, fazeres e vontades com os do IBEAC. É um curso sobre como a literatura transforma pessoas que transformam territórios.

Vera Lion - IBEAC 


Na pós-graduação de Educação social o/a estudante:

  • Conhecerá experiências de mobilização e transformação de territórios periféricos a partir do livro, leitura, literatura e bibliotecas

  • Terá acesso a histórias de vida e experiências concretas de impacto positivo na vida de crianças, mulheres e toda uma comunidade.

  • Terá acesso a ações de empreendedorismo social com propósito, articuladas às práticas literárias. 

  • Entenderá como a Educomunicação pode promover a transformação de territórios a partir das experiências de uma organização social com mais de 40 anos de história.

  • Conhecerá a experiência de aplicação de programas de letramento socioemocional de mães, crianças, estudantes e profissionais da educação em contextos periféricos. 




Construção Coletiva

Nem toda educação é a mesma, nem tudo é sabido, escrito, desenhado: nada se perde. Tudo inventado onde tudo é possível. Ideias são bem-vindas em diálogos poéticos, estéticos e éticos.

Encontros online semanais

Os encontros semanais acontecerão às quartas-feiras das 19h30 a 21h30.

A Plataforma Digital d’A Casa Tombada dá acesso ao aluno estudar, pesquisar, acompanhar e interagir durante todo o seu percurso. Textos, mídias digitais, links, fóruns de discussão, aulas gravadas e retornos de professores e coordenação em um só lugar. 


Imersões presenciais


Os/As participantes são convidadas a uma vivência em Parelheiros ou em outro território em que a literatura esteja presente. Será uma oportunidade de encontros “olho no olho”, abraços, conversas. Momento para aguçar os sentidos e conectar os saberes compartilhados pelo IBEAC nos seis módulos  do curso , aos sabores, sons, ruídos, aromas de Parelheiros ou do território escolhido.  Tempo para fazer um novo percurso, ocupar espaços com nossos corpos e sotaques, colher o que plantamos, plantar e experimentar uma construção coletiva. 

O período será definido coletivamente para o início de 2026.  

Val Rocha - IBEAC



Tópicos de Estudo


É possível interessar comunidades a lerem a Constituição e a Declaração Universal dos Direitos Humanos? Ibeac: uma história de formação cidadã e estímulo à participação da sociedade civil

Centros de documentação em Direitos Humanos: um embrião das Bibliotecas Comunitárias

Leituras de mundos e leituras de palavras: as parcerias, as temáticas sociais, os debates e os registros 

Um chamado da Amazônia Paulistana – o Ibeac escuta Parelheiros.

Do poético ao político: como as ações do Ibeac se articulam com as políticas públicas

Escutas: “Onde você estava quando o Brasil...”

Como tudo começou: a história da Biblioteca Comunitária Caminhos da Leitura (BCCL)

A literatura como Direito Humano

O que são e como nascem as Bibliotecas comunitárias (BC)

Como não deixar morrer uma biblioteca: as idas e vi(n)das da BCCL

As juventudes como parceiras na criação e desenvolvimento de BC

PlanejAção: a atuação coletiva

Gestão compartilhada: a atuação em Rede

O poético e o político na construção de Planos do Livro, da Leitura, das Literaturas e Bibliotecas (PMLLLB) 

Do cemitério à maternidade: os espaços das bibliotecas comunitárias

Bibliodiversidade: a constituição e o estudo do acervo de uma BC

Pretas em Retrato: as vozes negras no centro da periferia

Nascidos para Ler, no melhor lugar para se viver: uma aldeia pela literatura 

Espalhando a palavra: rodas, mediação e acervos nas casas

Nascidos para Ler: acesso ao livro e monitoramento deste acesso

O Centro de Excelência em Primeira Infância como uma causa: IBEAC & CPCD

Dimensões da excelência: Cuidado na primeira infância, Empodimento feminino, Equidade Social, Educomunicação e  Bem-viver  

Mães Mobilizadoras: encontros entre mulheres/mães

No meio do caminho tinha uma casa e uma maternidade literária

Rua adotada: adotar a rua para a rua adotar as crianças

Pesquisa Participativa Baseada na Comunidade

Chegança virtual - “Como a sua aldeia cuida das crianças?”

Sonho acordado: articulações e parcerias para ampliação do acesso ao livro e à leitura

Comunicação Como Direito Humano

Comunicação Comunitária e Educomunicação

Iniciativas Educomunicativas

Práxis educomunicativa: Experimentação Prática 

A mobilidade dos sonhos: acolhendo em Parelheiros da França para Santa Catarina, de Santa Catarina para Parelheiros – vivências inesquecíveis

Turismo de Base Comunitária: outras formas de viajar a partir das histórias de agricultores(as) orgânicos e cozinheiras

Empreendedorismo feminino

De Parelheiros para sua casa

O cuidado com quem cuida: ancestralidade e evidências científicas

Ciência contemplativa na quebrada

Autocuidado como um direito 

Mulheres pretas na prática do (auto)cuidado

Programas que inspiraram Parelheiros 

Aprendizagem para corações e mentes comunitária

Trilhas autoformativas para o letramento emocional

#DeParelheirosparaomundo experiência comunitária 

Pesquisa Participativa Baseada na Comunidade

InspirAÇAO - “Como cuidar e cuidar-se?”



Ketlin Santos 




Coordenação




Bel Santos Mayer - Educadora social, coordenadora do Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário (IBEAC), mestra em Turismo pelo Programa de Pós-graduação em Turismo da Escola de Artes, Cultura e Humanidades da USP.


Ketlin Santos

Educadora social, formada em pedagogia, moradora do extremo Sul da cidade de São Paulo/Grajaú. Mediadora de Leitura na Biblioteca Comunitária Caminhos da Leitura, do Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário – IBEAC.


Val Rocha

Graduada em Artes Plásticas pela FPA (Faculdade Paulista de Arte), Artes Cênicas pela BRAAPA – Teatro e TV, Dublagem e Fotografia pelo SENAC, Mediação cultural Akpalôs no Museu Afro-Brasil e Mediação de Leitura pelo IC&A. Coordenadora de projetos no IBEAC. 









Corpo Docente




Conheça a experiência do corpo docente: Clique aqui



Dados Gerais da pós

Regulamentação 

Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Autorizado pelo MEC. FACONNECT – Instituição de Ensino Superior Credenciada pela Portaria MEC n° 59 de 13/01/09, pub. no D.O.U em 14/01/09

Coordenação Geral d'A Casa Tombada

Profa. Dra. Ângela Castelo Branco e Prof. Dr. Giuliano Tierno 


Coordenação das Pós-Graduações d'A Casa Tombada

Prof. Dr. Giuliano Tierno


Período de realização 

Início das aulas - 27/08/24

18 meses

Coordenação do Curso 

Bel Santos Mayer, Valdirene Rocha e Ketlin Santos


Inscrição e Investimento do Curso 

Inscrição

Taxa de R$ 50,00 (a entrevista online será agendada após a efetivação da inscrição)

Matrículas online

A equipe d’A Casa Tombada entrará em contato via e-mail para pedir os documentos necessários


Investimento

24 parcelas de R$ 620,26

10% de desconto para professores, educadores sociais, bibliotecários, agentes públicos de saúde e afins. 

Descontos especiais para pagamentos à vista ou parcelado em 4x sem juros no boleto, consulte pelo e-mail pos@acasatombada.com

Importante: * Taxa de rematrícula semestral - R$ 99,00 (30/11/24) e (30/6/25). Para realizar a rematrícula o estudante deve estar com o seus compromissos pedagógicos e financeiros em dia. 

Início das aulas: 29/8/2024


Bolsas de Estudo - Processo seletivo para bolsa até 20/06/24

A Casa Tombada, como parte de suas ações para o enfrentamento às desigualdades históricas, ao racismo e às violências estruturais, oferece 1 bolsa integral de estudo para pessoas negras, indígenas, trans e com deficiência. Não é preciso fazer inscrição. Consulte os critérios do Processo Seletivo pelo link abaixo, Se tiver alguma dúvida, envie um email para pos@acasatombada.com


Carta edital 

https://docs.google.com/document/d/1uG0jlkWk96BnRIODDHhSDHKMm_XxFh_w__VkzfLIt9o/edit?usp=drive_link

Formulário 

https://forms.gle/eroRnUv5juCbSrBV7


Dona Iara, Monique e Maju, fazem parte da história de transformação, por meio da literatura



Assista a live sobre a pós-graduação: Educação Social: escutas, palavras, cuidados para mobilizações pessoais e comunitárias - caminhos do IBEAC. Nesta conversa, contamos com a participação de Bel Santos Mayer, Ketlin Santos e Val Rocha, com mediação de Giuliano Tierno.



FAQ

Suporte da plataforma - dúvidas com relação a login, senha e funcionalidades

expand_more
Chame por Renata no Whatsapp de suporte - 19 97404-7783 Email: acasanuvem@acasatombada.com

Secretaria - pós-graduações

expand_more
Chame por Flávia no Whatsapp - 11 96362-7762 email: pos@acasatombada.com

Estude quando e onde quiser

Inscrição para o processo seletivo - Pós-graduação - Educação Social escutas, palavras, cuidados para mobilizações pessoais e comunitárias- caminhos do IBEAC

6x R$ 9,43

R$ 50,00 à vista


  • Início das vendas 20/05/2024
Comprar agora
Adicionar cupom de desconto?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Política de Privacidade